quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Mais um paninho antigo, que conta história da familia, de uma época que parece tão distante da nossa. Esse galo serve para tapar o bico do bule de chá e assim preservar o calor. Foi feito por um dos irmãos de minha mãe .
Costurar era uma atividade que minha avó achava que todos deviam conhecer um minimo. Nas férias os nove filhos e mais alguns primos se sentavam à tarde e começavam a atividade. Bordavam letras do alfabeto em ponto x, faziam bainha aberta e este foi um galinho, bem simples, feito por um dos irmãos de minha mãe.

sábado, 19 de agosto de 2017

Venha costurar!

A vida vai acontecendo entre o prazer de criar meus próprios trabalhos no atelier e as aulas de museologia onde aprendemos a cuidar de objetos/histórias de pessoas que viveram em tempos passados. Dois mundos. Ontem e hoje.  Coisas feitas por outras pessoas e coisas feitas agora, pelos alunos do atelier e por mim. Técnicas bastante sofisticadas antigas e técnicas contemporâneas. Dá para entender? Ando transitando por aí. Uma coisa que me atrai muito para as peças antigas, seja na área textil ou decorativa é perceber o tempo empregado na construção das roupas e dos objetos antigos. É incrível ver os detalhes! Nossas roupas, os objetos decorativos de nossas casas, são todos feitos em larga escala e numa rapidez colossal. As blusas não tem bainha. Tem máquina para pregar botão. Os bordados são feitos à máquina. Outros tempos esses nossos onde corremos desesperados em busca de dinheiro para pagar os custos da vida atual. Quase não dá tempo de bordar, fazer um presente para um amigo, papear em volta da mesa enquanto prega um botão e conta casos, experiências, dividi saberes... Sigo firme acreditando que costurar é salutar. Oxigênio nesta maluquice toda.
Então, venha costurar, bordar, carimbar e fazer novos amigos!

este paninho era usado pela avó de minha mãe. Podia ser usado para diferentes funções, cobria o copo d'água na cabeceira da cama, ficava embaixo do vidrinho de remédios... A impressão que tenho é que existia "paninhos" para tudo!

este saquinho foi feito com algodão cru. Foi um pedaço de pano que usei para testar este carimbo da folha Costela de Adão e que depois transformei nesta embalagem, que uso para carregar de um tudo.